CEDISA - Centro de Diagnósticos de Sanidade Animal
CANAIS DE ATENDIMENTO VIA WHATSAPP
Recepção de amostras: 49 . 99819 7285
Secretaria: 49 . 99823 1283
Financeiro: 49 . 98423 1361

Informativos


Parceria entre Embrapa e Cedisa amplia técnicas de diagnóstico

06.
MAI. 2011

Concórdia, SC, 2 de Maio de 2011 - A Embrapa Suínos e Aves, empresa de pesquisa agropecuária vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, e o Centro de Diagnóstico de Sanidade Animal (Cedisa) mantém um relacionamento estreito de transferência de tecnologia para beneficiar as cadeias produtivas de suínos e aves. Parte dos resultados das pesquisas em sanidade desenvolvidas pela Embrapa alimenta as melhorias nos testes oferecidos ao mercado pelo Cedisa. “É uma forma eficaz e rápida de fazer com que os avanços da pesquisa beneficiem o meio produtivo”, afirmou o chefe adjunto de Transferência de Tecnologia da Embrapa Suínos e Aves, Gilberto Schmidt.
O Cedisa é um centro de diagnóstico dirigido por uma Organização Social Civil de Interesse Público (OSCIP) que funciona dentro da área física da Embrapa Suínos e Aves. Por meio de um contrato, as duas instituições mantêm uma relação estreita e que dá uma resposta importante à suinocultura e avicultura brasileiras, que necessita de laboratórios de referência para garantir a monitoria sanitária dos rebanhos. Também faz parte do arranjo do Cedisa a Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina (Cidasc).
Nos últimos anos, a parceria entre Embrapa Suínos e Aves e Cedisa permitiu o repasse ao laboratório de cinco técnicas de diagnóstico: ELISA Micoplasma hyopneumoniae; Imunoistoquímica para Circovírus, M. hyo, Lawsonia e Brachyspira; Morfologia espermática de sêmen; Motilidade espermática; e Sorotipificação de Actinobacillus pleuropneumoniae (App). De acordo com Lauren Ventura, gerente Técnica e Administrativa do Cedisa, essas técnicas ampliaram a portfólio do laboratório e dizem respeito a demandas que o setor produtivo apresenta em termos de diagnóstico.
Embrapa e Cedisa pretendem manter nos próximos anos o trabalho em conjunto no desenvolvimento de técnicas de diagnóstico. Essa parceria será importante principalmente para que o Brasil continue ocupando um lugar de destaque no cenário internacional da produção de suínos e aves. As monitorias atendem os programas oficiais de Sanidade Avícola e Suídea do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento e são essenciais para a manutenção do status sanitário dos rebanhos. Aprimorar os serviços prestados por laboratórios de referência, como é o caso do Cedisa, reforça ainda mais a posição brasileira no mercado internacional.

Fonte: Embrapa Suínos e Aves - Assessoria de Imprensa